Implantes Dentários

implante dentário é um tratamento dividido em três partes principais: a instalação de um pino de titânio, que é posicionado cirurgicamente no osso maxilar e/ou mandibular, abaixo da margem gengival pelo cirurgião-dentista; a colocação de um parafuso para fixar o pino ao dente e, por fim, o dente. Nesse caso, chamado de coroa.

A recomendação para a realização de um ou mais implantes dentários, é quando o paciente apresenta ausência de um ou vários elementos dentais. Para saber a necessidade de realizar um implante dentário, agende sua consulta.

Zircônia tetragonal policristalina estabilizada com ítrio, Zircônia adequada p/alta solicitação mecânica, condições extremas de desgastes pois possue valores elevados de resistência a fraturas e biocompatibilidada. A côr Marfim é semelhante a do dente natural, além de poder transmitir luz, ideal para uso em área de implante que exija estética.

CIRURGIAS AVANÇADAS

Na reabilitação dos tecidos orais , tanto ósseo como tecidos moles( gengiva),A R.O. G. (Regeneração óssea guia)se faz presente juntamente com a utilização de membranas e ou barreiras segregadora tecidual,para ganho de estrutura , vertical e ou horizontal, remodelação(Enxertos ) para fins de posicionamento de Implantes dentais.

Tipos de Enxertos, Autogenos; doador o próprio indivíduo,Alogenos; Banco de ossos( indivíduo diferente,mesma espécie) Xenogeno; espécie diferente ( suína,bovina etc) Aloplastico ; Enxertos Artificiais.

P.R.F. Plasma Rico em fibrina: é um modelo de concentrados plaquetarios a partir de uma amostra de sangue do  próprio indivíduo, está é submetida a um processo de centrífugacao tendo como resultado uma membrana de Fibrina, rica em leucócitos e fatores de crescimento. Apresenta capacidade de proliferação e migração celular, angiogenese(neo formação vascular) , estimulação de crescimento de tecidos ósseos e moles.



Agendar Consulta:
(11) 4153-2311
(11) 99279-1488